Indicações

O Excimer Laser pode operar Miopias, Hipermatropias e Astigmatismos dos mais variados graus.

Procedimentos

É totalmente ambulatorial. Não necessita internação.

Uma radiação luminosa especialm chamada Excimer Laser, atua fazendo um micropolimento da superfície da córnea. O cirurgião experiente realiza este procedimento com base em cálculos computadorizados e nos exames pré-operatórios, combinando o uso do Excimer Laser com a técnica (Lasik,PRK ou Lasek) adequada para cada caso. O resultado é correção do seu problema de visão, seja ele a Miopia, Astigmatismo, Hipermetropia ou até mesmo a remoção de cicatrizes da córnea.

Vantagens

As principais vantagens da cirurgia são:

  • Anestesia tópica, feita com colírio;
  • Mais conforto para o paciente;
  • Não necessita tampão ou curativo
  • Não necessita internacão;
  • Rapidez: duração média de 15 minutos, sendo que a aplicação do laser dura alguns segundos.

Técnicas

As principais técnicas de cirurgia refativas são:

Lasik:

Depois do olho ser anestesiado, um instrumento de alta precisão levanta uma fina camada de córnea. Sem afetar as demais partes do olho, o Excimer laser atua sobre a camada interna da córnea por cerca de 60 segundos, fazendo com que a luz passe a ser focalizada com maior exatidão na retina.

Para corrigir a Miopia, o laser atua no centro da córnea. Para  Hipermetropia, o laser atua próximo ás bordas da córnea. Para os Astigmatismo, o laser atua na direção mais curva.

A camada corneana é recolocada na posição inicial e se cola naturalmente sem necessidade de pontos.

Noventa e cinca porcento (95%) das cirurgias de LASIK são bilaterais, ou seja, ambos os olhos são operados em uma mesma cirgurgia. A cirurgia bilateral é considerado um ato normal e de rotina.

1

PRK:

O oftalmologista anestesia a córnea do paciente com colírio e remove uma pequena parte da superfície corneana com um dispositivo especial. O Excimer laser remodela a forma da córnea sobre sua superfície por menos de 1 minuto.

2

Erros de refração

  • Miopia
  • Hipermetropia
  • Atigmatismo

Funcionamento da visão

Na parte frontal do olho encontram-s a pupila, a íris (cor do olho) e a córnea, uma das lentes naturais do olho. A outra lente, o cristalino, é interna.

Na visão normal, toda imagem é captada pela pupila através da córnea e se forma na retina, no funo do olho. A retina envia, através do nervo ótico, a imagem para o cérebro.

Nas ametropias, a imagem não se forma exatamente na retina. Por isso a imagem recebida pelo cérebro não é nítida.

3

Miopia

A Miopia é um distúrbio de focalização no qual a imagem se forma anteriormente à retina. Isto se deve a um maior comprimento do globo ocular ou aumento na curvatura da córnea ou do cristalino, resultado em dificuldade para ver longe. Pode ser corrigida com óculos, lentes esféricos divergentes ou com a cirurgia refrativa.

4

Hipermetropia

Na Hipermetropia também ocorre uma dificuldade de focalizar a imagem, só quem contrariamente à Miopia, a focalização se dá posteriormente à retina. Deve-se, portanto, a um globo ocular, com menor comprimento ou devido à córnea ou cristalino possuírem uma menor curvatura . Na hipermetropia, observa-se um a visão ruim para perto, podendo geral dificuldade na visão para longe nos casos mais severos. Pode ser corrigida com óculos, lentes esféricas convergentes ou com  cirurgia refrativa.

5

Astigmatismo

É uma condição que decorre da diferença de curvatura da córnea ou do cristalino em várias direções (comparável às curvaturas de um ovo ou de uma bola de futebol americano), e disto resultam diversas profundidades de foco distrocem a visão tanto de longe quanto de perto.

Para as pessoas que sofrem de astigmatismo, todos os objetos são vistos distorcidos. As imagens ficam embaçadas porque alguns dos raios de luz são focalizadas e outros não. A sensação é parecida com a distorção produzidas por um pedaço de vidro ondulado.

O Astigmatismo é corrigido fazendo-se com que os raios de luz se concentrem em um plano único, por meio de óculos, lentes de contato ou fazendo a cirurgia refrativa.

6

Resultados no tratamento com Excimer Laser

  • Pode significar a independência dos óculos ou lentes de contato.
  • A visão se normaliza gradativamente, com a recuperação das células da superfície da córnea, onde é feita a fotoablação.
  • Com o avanço dos equipamentos utilizados, problemas com a hipercorreção, a hipocorreção e o haze (cicatrização) são cada vez menos fregüentes.
  • As complicações por infecções são praticamente inexistentes com o uso das medicações pós-operatórias.
  • São inexistentes complicações tardias como as hipermetropizações.

É importante lembrar que este procedimento cirurgico envolve o seu bem mais valioso. Não basta um equipamento com tecnologia de ponta sem a experiência de um grande cirurgião.