ceratocone5

1 – Característica

É uma doença não inflamatório da córnea, que se caracteriza por uma ectasia da córnea na forma de um cone, na maioria das vezes acompanhado por um afinamento da porção central.
Inicialmente pode começar como uma miopia ou astigmatismo que evolui para astigmatismo irregular, provocando uma queda na acuidade visual corrigida.
Quanto mais precoce o aparecimento, mais severo será o cone.
Muitos pacientes possuem quadro alérgico associado (rinite, bronquite urticária etc).

2 – Incidência

  • Incidência na população geral: varia de 0,05% a 0,5%
  • Distribuição conforme a faixa etária:
    • 08 a 16 anos: 2,1%
    • 17 a 27 anos: 25,9%
    • 27 a 36 anos: 35,6%
    • 37 a 46 anos: 20,1%
    • 47 a 56 anos: 11,7%
    • 57 a 66 anos: 3,0%
    • 67 a 76 anos: 1,5%

3 – Diagnóstico e acompanhamento

Topografia corneana computadorizada (avaliação das diversas curvaturas da córnea)
Paquimetria (medida da espessura da córnea)

4 – Tratamento

Observação
Óculos
Lentes de contato
Anel intra-estromal
UV Crosslinking (experimental)
Transplante de córnea

OBS. Cerca de 90% dos pacientes não precisam de tratamento cirúrgico

5 – Cuidados

Evitar esfregar os olhos, utilizar compressas frias em caso de prurido ocular e realizar consultas periódicas para o acompanhamento.

6 – Imagem

ceratocone1

Adaptação de lentes de contato no Ceratocone.

ceratocone3

Anel intra-estromal.

ceratocone2

Transplante de córnea no Ceratocone.

ceratocone4

Opacidade de córnea em um caso
de um ceratocono avançado.